Os erros de português mais comuns

,h1>Erros de português

A língua portuguesa não é fácil. Seja para os estrangeiros que tentam aprender o idioma ou para os próprios brasileiros, há palavras que são tipicamente pronunciadas de modo incorreto. Alguns vícios de linguagem fazem com que a pessoa passe a vida inteira falando da mesma forma sem que haja ninguém apto a corrigí-lo. Confira abaixo alguns exemplos.

pt

Linguagem de internet

Principalmente na internet, é comum ver certos tipos de erro. Com isso, aprender português é essencial para todos, sejam brasileiros ou não. Por mais que exista a linguagem própria de internet, algumas expressões rompem essa linha da licença virtual e são desagradáveis aos olhos de quem sabe o modo correto da grafia.

Escrever errado é nada a ver

Algo que acontece com frequência é escrever “nada haver”. Esta expressão está escrita de modo incorreto, já que na verdade o certo é “nada a ver”, ou seja, algo que não tem relação. Além deste, é possível citar outros erros que são cometidos nas redes sociais como “concerteza” ao invés de “com certeza”.

Mais ou mas?

Citando os mais famosos, “mas” é muito confundido com “mais”. O “mais” com “i” é igual o +. Ou seja, tem sempre o significado de quantidade (adição). Já o “mas” (sem “i”), é uma conjunção com significado de oposição ou restrição. Assim como “a gente” e “agente”, no qual o primeiro tem o mesmo significado que “nós” e o segundo é uma profissão, como um agente federal ou agente de FBI.

Portanto, há inúmeros erros que são utilizados durante as conversas coloquiais. O problema é quando este tipo de forma incorreta se abrange para outros âmbitos, como por exemplo em um contexto profissional.

Aprender português é tão importante para os brasileiros quanto para aqueles que vêm de outros países em busca do domínio do idioma local.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *